Porto Alegre recebe o 6º Festival de Cinema Polonês

"Prédios Flutuantes" é um dos destaques da programação

“Prédios Flutuantes” é um dos destaques da programação

Entre os dias 28 de julho e 3 de agosto, entra em cartaz no Cine Santander Cultural, em Porto Alegre, o 6º Festival de Cinema Polonês. A mostra reúne seis longas de ficção e seis curtas documentários, produzidos a partir do ano de 2012. Nesta edição, o objetivo é destacar novos talentos e apresentar obras contemporâneas, em sua maioria inéditas no Brasil. A programação acontece em três horários diários e os ingressos custam R$ 10.

Está entre os destaque do Festival o premiado Prédios Flutuantes, um drama sobre relacionamento, busca de identidade e sexualidade. Assim como A Moça do Armário, considerado a melhor estreia dos últimos anos na cinematografia polonesa, e versa sobre a história dos irmãos Jacek, Tomak e Magda. No que se refere aos curtas, o programa apresenta obras realizadas pelas melhores escolas de cinema na Polônia. Entre os títulos, estão: Nossa Maldição, indicado ao Oscar de melhor documentário em curta-metragem e O Objeto, vencedor da menção especial no Festival de Sundance em 2015.

Ewa Zukrowska, cocuradora e produtora do Festival no Brasil, explica que cinema polonês já é reconhecido no mundo todo graças ao trabalho de grandes diretores como Roman Polanski. “Porém, o cinema polonês atual e seus realizadores são desconhecidos por grande parte do público brasileiro. Queremos ampliar essa lista de diretores e apresentar outros nomes interessante da nova geração, que estão produzindo filmes de impacto, ressonante e premiados neste novo século”, explica.

O Festival é uma realização conjunta do Centro Cultural Banco do Brasil, Instituto Polonês de Cinema, Embaixada da Polônia em Brasília, Agência Mañana e a Fundação de Cinema de Cracóvia. A mostra também acontece em outras capitais, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Festival de Cinema Polonês

28 de jul – quinta-feira
15h |Programa de Curtas da Polônia 1, Vários Diretores
17h |Jeziorak, de Michal Otlowski
19h |Deuses, de Lukasz Palowski (Sessão comentada pelo músico Tiago Halewicz)

29 de jul – sexta-feira
15h |Programa de Curtas da Polônia 2, Vários Diretores
17h |A Moça do Armário, de Bodo Kox
19h |Prédios Flutuantes, de Tomasz Wasilewski

30 de jul – sábado
15h |Varsóvia 44, de Jan Komasa
17h |As Mãos de Orlac, de Robert Wiene (Sessão especial musicada ao vivo pelo artista Diego Poloni)

31 de jul – domingo
15h |A Promessa, de Anna Kazejak
17h |Programa de Curtas da Polônia 1,  Vários Diretores
19h |Jeziorak, de Michal Otlowski

2 de ago – terça-feira
15h |Deuses, Lukasz Palowski
17h |Programa de Curtas da Polônia 2, Vários Diretores
19h |A Moça do Armário, de Bodo Kox

3 de ago – quarta-feira
15h |Prédios Flutuantes, de Tomasz Wasilewski
17h |Varsóvia 44, de Jan Komasa
19h |A Promessa, de Anna Kazejak

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>