Sesc promove um mês inteiro de atividades para comemorar o dia da mulher

Dia da mulher é comemorado com intensa programação pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc com o 6° Sesc Mulher. A agenda de eventos começa no Dia da Mulher (8 de março) e segue até o dia 9 de abril. Ao todo serão 15 atrações, entre espetáculos teatrais, bate-papos, oficinas e sessões de cinema. Entre os destaques estão o show “Soledade” de Cida Moreira (foto), a peça “Mulheragem”, a exposição coletiva “Fissuras: diálogos silenciosos de três mulheres” e a intervenção artística “Mulher – Mosaico Sonoro – Corporal”. Ao longo do mês de março, o público também poderá exercer sua solidariedade: o Sesc Centro receberá doações de café em pó, que será revertido para a Casa do Artista Rio-Grandense.

a artista cida moreira faz show durante o sexto sesc mulher

Confira abaixo a programação completa do 6º Sesc Mulher

6º Sesc Mulher – Porto Alegre
De 09 de março a 10 de abril

08/03 a 09/04
Exposição Coletiva: “Fissuras: diálogos silenciosos de três mulheres” 
Lilian Maus, Natália Leite, Durvalina Celestino e Claudina Pereira (in memoriam), com curadoria de Daniela Pinheiro Machado Kern (RS)
Locais: Café Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665) e Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos (estação Mercado da Trensurb)
Horários: 8h às 20h – no Café Sesc Centro segunda a sexta – aos finais de semana, 1h antes de cada apresentação do teatro) e das 8h às 24h – no Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos
Sinopse: é por meio de fissuras das imagens e palavras que três mulheres com diferentes rotinas estabelecem um diálogo poético silencioso: Lilian Maus pinta, Natália Leite borda e Claudina Pereira escreve. Lilian é artista visual formada pelo IA/UFRGS, enquanto Natália e Claudina eram pacientes da Oficina de Criatividade Nise da Silveira (HPSP). Mais do que uma atividade complementar à vida dessas mulheres, o gesto de pintar, bordar e escrever dá vazão ao que da vida lhes excede, permitindo, a partir de diferentes sensibilidades, um melhor convívio entre paisagem interior e exterior. Fernando Pessoa já dizia que todo estado de alma é uma paisagem. Em tempos difíceis talvez seja justo esse espaço interior, onde a matéria da nossa vida física se agita, que deva ser primeiro trabalhado. É aí que se alicerça o terreno da auto-transformação e da micropolítica e não apenas da livre-expressão. E é a partir dele que este projeto busca promover a valorização da mulher nos seus modos de ver e habitar o mundo.
Classificação: livre

08/03
Intervenção artística: “Mulher – Mosaico Sonoro – Corporal”
BatuKatu Grupo Artístico – Núcleo BatuKatu (RS)
Local: Praça Dom Sebastião (entre o Colégio Marista Rosário e o Hospital da Criança Santo Antônio)
Horário: 12h
Sinopse: o Núcleo BatuKatu apresenta “Mulher – Mosaico Sonoro – Corporal”, uma intervenção artística (cênico-musical) urbana, inédita e interativa, que mescla tecnologia e música corporal para compor um mosaico sonoro com fragmentos de canções e poemas escritos exclusivamente por mulheres, executado com sons essencialmente orgânicos (voz falada, cantada, percussão corporal e vocal) e com participação de transeuntes e do público expectador. Especialmente concebida para reverenciar as mulheres em seu dia e referenciar exclusivamente mulheres compositoras, poetisas e rappers, a performance é dividida em três momentos distintos, e pretende provocar encantamento e reflexões acerca das dores e delícias de ser mulher no Brasil. Na abertura, um arranjo autoral com trechos de canções e ritmos marcantes chama o público e tece um panorama do riquíssimo legado musical das compositoras que marcaram a história da música no Brasil, desde a pioneira Chiquinha Gonzaga até as expoentes mais recentes como Karol Conka. No momento mais intimista da performance, uma sequência de improvisações cênico-musicais trazem versos de poemas que descrevem o universo feminino permeados com células melódicas e rítmicas – algumas sugeridas pelo próprio público, por meio de dinâmicas de criação espontânea-intuitiva. Encerrando a intervenção, nova tecelagem de canções que homenageiam as mulheres e evocam o poder, a graça e o sagrado feminino.
Classificação: livre
Duração: 40 minutos
Entrada Franca

mulher dança durante a peça mulheragem do festival sesc mulher

Foto: Marcelo Cabrera

09 e 10/03
Espetáculo Mulheragem
Mulheragem (RS)
Local: Teatro do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Horário: 20h
Após os espetáculos haverá bate-papo com as atrizes
Sinopse: Mulheragem reúne sete cenas curtas que refazem a memória de mulheres na história e denunciam as violências cometidas contra elas. Poderosas e inquietas, elas foram protagonistas mesmo em épocas contraditórias, lutando pelos seus direitos e conquistando seu espaço. Sete atrizes inspiradoras trazem à tona biografias que nos foram subtraídas e histórias que nunca tiveram espaço para serem contadas. Se uma mulher no palco já representa um ato de resistência, sete mulheres pautando o universo feminino é essencialmente revolucionário.
Classificação: livre
Duração: 80 minutos
Ingressos: nos valores de R$ 11 para a categoria Comércio e Serviços com Cartão Sesc/Senac; R$ 16,50 para empresários, estudantes, classe artística, idosos e professores; e R$ 33 para o público em geral

11/03
Eu não Sou Macaco
Grupo: Co-produção Usina do Trabalho do Ator (RS)
Local: Parque da Redenção (Trecho entre campo de bocha e o Parquinho da Redenção)
Horários: 12h e 14h
Sinopse: Ação performática que denuncia diversas injustiças cometidas em relação aos cidadãos da etnia negra. Utilizando-se da linguagem teatral como forma de manifestação política, a atriz Dedy Ricardo retoma os nomes e assume as identidades e as histórias de Cláudia da Silva Ferreira – a mulher arrastada por uma viatura da polícia pelas ruas de favela do Rio de Janeiro, Amarildo Dias de Souza – desaparecido após interrogatório na Unidade de Polícia Pacificadora na Rocinha, Paulo Afonso Soares – militante gay assassinado em Porto Alegre – além de figuras históricas, como João Cândido e os lanceiros negros, como forma de manter acesa a capacidade de indignar-se com tais injustiças e relembrá-las, para que não tornem a acontecer novamente.
Entrada Franca

12/03
Filme: Divã
Local: Teatro do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Horário: 12h30
Gênero: Comédia/Drama
Direção: José Alvarenga Jr.
Ano: 2009
Sinopse: “Divã” conta a história de Mercedes, uma mulher de 40 anos que vive às voltas com as alegrias e desafios da sociedade contemporânea. Casada e mãe de dois filhos, Mercedes decide, mesmo sem saber bem o porquê, procurar um psicanalista. E, assim, o que antes era apenas uma curiosidade, se transforma em uma experiência devastadora, que provoca uma série de mudanças em sua vida cotidiana.
Classificação: 14 anos
Duração: 88 minutos
Entrada Franca

13/03
Oficina Fissuras: diálogos silenciosos de três mulheres
Ministrante: Lilian Maus
Local: Teatro do Sesc Centro (Av. Alberto Binns 665)
Horários: 14h às 16h
Sinopse: oficina de aquarela para percepção e construção da paisagem a partir de exercícios de experimentação sobre papel.
Duração: 2h
Inscrições: pelo e-mail culturacentro@sesc-rs.com.br ou pelo telefone 3284.2072
Vaga para 15 alunos

15/03
Soledade
Cida Moreira (SP)
Local: Theatro São Pedro (Rua. Praça Marechal Deodoro s/nº)
Horário: 21h
Sinopse: Cida Moreira em Soledade, canta grandes compositores brasileiros, como Belchior, Caetano Veloso e muitos outros. No repertório eclético, temos Leonardo Cohen e Tom Waitts. Para Cida Moreira, “Soledade é um estado poético e musical, um sentimento de soledade pessoal e outros muitos sentidos vindos da memória, da poesia, de uma viagem antiga pelas cidades, pelos amores, pelas grandes referências a um estado de alma feminino, de uma artista que em tudo canta um Brasil profundo.”
Classificação: livre
Duração: 60 minutos
Ingressos: nos valores de R$ 15 para a categoria Comércio e Serviços com Cartão Sesc/Senac; R$ 20 para empresários, estudantes, classe artística, idosos e professores; e R$ 40 para o público em geral

19/03
Filme: As mães de Chico Xavier 
Local: Teatro do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Horário: 12h30
Gênero: Drama
Direção: Glauber Filho e Halder Gomes
Ano: 1998
Sinopse: Ruth (Via Negromonte) tem um filho adolescente, que enfrenta problemas com drogas. Elisa (Vanessa Gerbelli) tenta compensar a ausência do marido dando atenção total ao filho, Theo (Gabriel Pontes). Lara (Tainá Muller) é uma professora, que enfrenta o dilema de uma gravidez indesejada. Estas três mulheres se encontram quando, cada um por um motivo particular, resolvem procurar a ajuda do médium Chico Xavier (Nelson Xavier).
Classificação: 12 anos
Duração: 120 minutos
Entrada Franca

20/03
Transição de Gênero: Construindo uma nova existência
Com Atena Beauvoir 
Local: Café do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Horário: 19h
Sinopse: Um bate-papo com Atena Beauvoir, que é mulher transexual, educadora, filósofa e escritora, premiada em 2013 e 2014 em ciências humanas pela IFRS/POA e menção honrosa pela atuação em defesa e promoção dos direitos humanos LGBT na cidade de Canoas, escreveu o livro Contos Transantropológicos, uma série de contos, que buscam oferecer um novo olhar para a existência do ser fenomenologicamente humano.
Classificação: livre
Duração: 60 minutos
Entrada Franca

22/03
Prosa em pauta
Com Valesca de Assis, Renata Wolff e Priscila Pasko
Local: Espaço Saber e Lazer Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Horário: 16h
Sinopse: comemorando o Dia Internacional da Mulher, as escritoras Valesca de Assis, Patrona da Feira do Livro de Porto Alegre 2017 e Renata Wolff, finalista no Prêmio Jabuti com o livro Fim de Festa debatem nesse encontro de gerações, a mulher na prosa. Como mediadora a jornalista e escritora Priscila Pasko.
Classificação: livre
Duração: 90 minutos
Entrada Franca

26/03
Filme: De Pernas pro Ar 2
Local: Teatro do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Horário: 12h30
Gênero: Comédia
Direção: Glauber Filho e Halder Gomes
Ano: 2010
Sinopse: Alice é uma mulher workaholic que tenta se equilibrar entre a rotina do trabalho e a família. Depois de perder o emprego e o marido, Alice vai descobrir com a ajuda da vizinha Marcela que é possível ser uma profissional de sucesso sem deixar os prazeres da vida de lado. O filme discute com leveza e humor os deliciosos conflitos das mulheres modernas.
Classificação: 14 anos
Duração: 98 minutos

28/03
Clube de Leitura Sesc Centro
Leituras poéticas: A mulher e a poesia 
Local: Espaço Saber e Lazer Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Horário: 16h
Sinopse: Clube de leitura Sesc Centro em homenagem ao Dia Mundial da Poesia e o Mês da Mulher, convida para Leituras Poéticas, onde leremos poesias escrita por poetas mulheres. Traga sua poesia e venha ler conosco.
Classificação: livre
Duração: 90 minutos
Entrada Franca

10/04
Oficina Mulheragem
Com Mulheragem (RS)
Local: Teatro do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Horários: 14h às 16h
Sinopse: a mandala de atrizes que compõem essa seleção de solos, recebe mulheres para um exercício de vivência teatral e encontro. Abertura – acolhimento, roda, conversa informal sobre os processos de cada atriz e as motivações de cada solo, cada uma das mulheres citadas na composição do MULHERAGEM, troca, sensações. Qual a mulher que mais te inspira? até onde tu conhece da tua linhagem feminina? Quem é você agora? roda e canções. ritual. Segunda parte – vivência prática; apropriação e percepção do corpo; jogos teatrais; improvisações sobre as inspirações e ponderações feitas na abertura da oficina. Mais mulheres lembradas, jogo de cena, jogo de lembrar, memória.
Classificação: livre (mulheres de todas as idades podem se inscrever)
Duração: 2 horas
Inscrições: pelo e-mail culturacentro@sesc-rs.com.br ou pelo telefone 3284.2072

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • 28 DE MARÇO NOS CINEMAS