O centenário de Roland Barthes

Fabrício Silveira Tive um professor que fumava enquanto dava aulas. Penteava muito bem os cabelos, deixando a testa sempre à mostra, a franja puxada para trás, num volume que se dissipava conforme fôssemos, a partir dali, chegando à nuca pelo lado esquerdo da cabeça. Ele se vestia muito bem, como … Continue lendo