Espetáculo ‘Dog Day’ leva ao palco discussão de temas como gênero e suicídio

Dog Day  4 - Reynerio Espinoza e Rafael Mog

Fica em cartaz no Teatro Carlos Carvalho, na Casa de Cultura Mário Quintana, aos sábados e domingos, entre 6 e 21 de maio, o espetáculo Dog Day. Com direção e dramaturgia de Fernanda Moreno, a montagem aborda temas como o suicídio, gênero, identidade e diferenças sociais de personagens atrelados por um fio de solidão. A peça é resultado de curso de extensão ministrado por Fernanda e promovido pelo Instituto de Desenvolvimento Social e Cultural da PUCRS.

Dog Day busca, de forma poética, retratar a fragmentação do ser humano em um universo multifacetado, em que a coragem de ser a si mesmo é permitida apenas para alguns. Para isso, a trama faz com que 10 personagens se encontrem ao longo de 24h de cidade qualquer, estabelecendo relações reais ou até mesmo virtuais, trazendo novas perspectivas para seus caminhos.

No espetáculo não há protagonismo, todas as personagens possuem o mesmo número de cenas, uma das maneiras que a peça tem de dizer que não há pessoas mais ou menos importantes. “Dog Day celebra a diversidade, defende a vontade de viver, apesar de obstáculos e desencontros. Busca a conscientização dos temas abordados”, conta Fernanda, também diretora do espetáculo Anexo Secreto, sobre a história de Anne Frank.

Em outubro de 2016, Dog Day participou do festival Art In Vento, em Osório, sendo indicado em seis categorias e premiado em duas: melhor dramaturgia, para Fernanda Moreno e ator coadjuvante para Giordano Spencer.

dog day - thiago pilla 1 menor

Sessões Comentadas

Após as sessões dos dias 14, domingo, e 20, sábado, convidados especialistas em alguns temas abordados na peça participarão de um debate aberto ao público presente. Na primeira data, o tema é “Suicídio e deficiência além da ficção”, com Marco Aurélio Alves, professor e diretor de teatral, graduando em psicologia, que atua no Instituto Brasileiro da Pessoa em projetos com adolescentes, LGBTs, idosos e soropositivos, trabalhando na prevenção ao suicídio e o enfrentamento do preconceito. Também Eraldo Fortini, bacharel em turismo e em geografia, atuou como Professor em escolas de ensino médio. Enfrentou a deficiência visual atuando como atleta paraolímpico e vem ministrando palestras e participando de debates objetivando conscientizar gestores públicos sobre as maiores demandas de pessoas vivendo com deficiências.

Na segunda data, o tema é “Gênero e Identidade além da ficção”, com os convidados: Plínio Mósca, diretor e professor de teatro Tecnólogo em produção cênica pela faculdade Monteiro Lobato, Mestre em memória social e bens culturais pela universidade Unilasalle de canoas; Natasha Centenaro, jornalista, dramaturga e doutoranda em Teoria Literária; Fernanda Nascimento, idealizadora do Gemis (Gênero, Mídia e sexualidade) e feminista. Jornalista e mestra em Comunicação Social na PUCRS. Autora do livro “Bicha (nem tão) má – LGBTs em telenovelas” (Multifoco, 2015). Atualmente cursa doutorado no Programa Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Serviço

O quê: Dog Day
Quando:  06/05 a 21/05, sábados e domingos, às 20h.
Onde: Teatro Carlos Carvalho, Casa de Cultura Mario Quintana (2º Andar, R. dos Andradas, 762 – Centro, Porto Alegre)
Ingressos: R$ 25 (50% de desconto para estudantes, idosos e classe artística).
A bilheteria abre 1 hora antes das apresentações
Antecipados no site Entreatos Divulga

Ficha Técnica
Direção: Fernanda Moreno
Assistência de direção: Ismael Goulart
Dramaturgia: Fernanda Moreno e grupo
Elenco: Arthur Loureiro, Camila Salton, Domingos Berwanger, Giordano Spencer, Jacqueline Sabater, Márcia Schuler, Marjorie Lacostt, Nathália Haucke, Rafael Mog e Victoria Guella Rech Lima
Trilha sonora: Ismael Goulart
Iluminação: Bruna Immich
Fotografia: Rafael Mog e Reynerio Espinoza
Realização: Instituto de Desenvolvimento Social e Cultural da PUCRS

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>